Olá ,eu tô aqui hoje para te fazer um
convite: o que você acha de colocar em prática finalmente o seu plano de criar
um blog para você, um blog para sua empresa? Se isso é uma coisa que você tem vontade
de fazer, mas nunca encontrou tempo, a
motivação, a urgência de fazer aquilo, cola mais que hoje a gente vai resolver o
problema. eu já trabalhei na criação, no
desenvolvimento, na manutenção de centenas de blogs aqui na Rock Content e
hoje vou te ensinar tudo que eu sei para você dar os seus primeiros passos e
começar nessa jornada, beleza? Vamos lá?
[Música] Olá, seja muito bem vindo a mais um vídeo
da Rock Content, me chamo Fabiano Cancela, eu
sou especialista em inteligência de negócios
e sou o professor no curso de Inbound marketing na universidade da Rock. Aqui no
nosso canal no Youtube, você vai aprender tudo o que você precisa para fazer
marketing da maneira mais eficiente possível no mundo digital,
então para você não perder nada, vai de uma vez, se inscreve no nosso canal, clica
no sininho para você ficar sabendo dos próximos
vídeos, que a gente vai te ajudar em todos os passos da sua jornada.
Vamos lá? A primeira coisa que eu quero fazer é combinar com você como que esse
vídeo vai funcionar, o seu tempo é precioso e eu
não quero que você perca ele aqui vendo coisa que você já sabe ou procurando uma
coisa que não tem nada a ver, então a sequência desse vídeo é a
seguinte: a gente vai deixar links aqui embaixo para você poder direto para
qualquer uma dessas partes se você já tiver conhecimento de uma e quiser ir
pra próxima, para poder economizar o seu tempo e você
resolver direto a sua dúvida. Mas, deixa te dar
um conselho com uma coisa que eu aprendi nas centenas de blogs que já trabalhei
desenvolvendo: a parte técnica, apesar de todo mundo ter muito medo dela, é simples
você vai ver, a gente vai dar o passo a passo junto e é muito tranquilo. Estamos prontos
para começar a executar o seu blog, para colocar a mão na massa, para mexer na
parte técnica que todo mundo tem medo, você vê que não tem nenhum motivo para
ter. Você só precisa dominar ou entender mais
ou menos três conceitos, para tocar o seu blog, para colocar seu blog no ar. Você precisa
entender o que é seu domínio, o que é CMS e a hospedagem no seu blog,
então vamos começar pelo domínio. Como que a gente compra um domínio, como
que a gente começa, vamos lá.
O domínio então é o endereço, é aquela coisa que as pessoas vão digitar na
barra lá de de endereços do browser delas ou aquele link que as pessoas vão
clicar www.rockcontent.com é nosso domínio, para
comprar um domínio é um processo muito simples, a gente vai acompanhar aqui no passo
a passo comprando um domínio.com.br, e eu queria chamar atenção só pra dois
cuidados: Primeiro, você está comprando um domínio
que já existe, às vezes por exemplo, um blog de
alguém que a pessoa largou e apareceu lá e tá aqui pra negociar direto, se cerque
de cuidados, saia um pouco desse vídeo, meu time vai ficar triste de perder
audiência, mas depois você volta, mas toma cuidado pra comprar alguma coisa que vem
de outra pessoa, assim como você teria cuidado para comprar um carro usado que é
de alguém e não na loja, trata o domínio da
mesma maneira. E o segundo cuidado é não compra o domínio como parte de um
grande pacote de serviço, se alguém está te ajudando a fazer o seu
blog, você está aqui, mas já aprendeu que a
pessoa tá fazendo, compra o domínio você mesmo e aponta para o serviço que a
pessoa tá te prestando, vai contratar hospedagem, que daqui a uns minutinhos a
gente fazer? Compra o seu domínio separado. O seu domínio é seu, é da sua
empresa, é um importante, é um ativo importante, você não quer estar numa
situação, onde daqui a seis meses, um ano você se desentende com quem está
prestando um serviço e seu domínio está no nome deles.
Então a gente vai comprar o domínio junto, eu vou te mostrar na tela, mas por
favor compra o seu domínio você mesmo, é muito simples, é uma segurança muito
grande, não tem nenhum motivo para você não fazer sozinho, beleza? Conceito número
2 que você precisa dominar: CMS. CMS: Content Management System, ou seja, é o
sistema que gerencia o seu conteúdo, que esse bicho faz? Os textos que você
escreve, as imagens você coloca, os links que você insere, eles precisam ser
traduzidos numa linguagem que tanto os servidores na internet, quanto os
navegadores dos seus leitores, possam ler, você precisa lidar com bancos de
dados e como que o banco dispõe, enfim, um monte de coisas,
precisava na verdade, antes de existirem os CMS, para você atualizar um
simples blog post, seria necessário que você entrasse na página, digitasse o código,
é uma habilidade técnica muito grande, então o CMS faz esse meio de campo pra você,
dentro do CMS, é como se você estivesse escrevendo no Word, no Google Docs,
você digita, põe as imagens, você publica o CMS, ele faz essa ponte,
ele vai lá no seu banco, grava tudo, deixa o blog bonitinho, ele cuida de mostrar no
celular e no desktop, ele faz esse meio de campo todo para
você, então é o software que você vai mais usar e ele roda direto no seu
navegador. Então existem alguns CMS, diferentes na
verdade que centenas, mas a gente vai passar por alguns que são mais
importantes, eu vou falar dos pontos fortes e fracos
de cada um e no final, eu te dou um direcionamento escolhe, mas esse vídeo só vai
cobrir como utilizar um deles que é o WordPress, beleza? Bom, vamos lá? Primeiro CMS
que eu acho que você devia conhecer, é o Wix. Você já deve ter ouvido esse nome,
já deve ter visto em propaganda, eles estão investindo
muito pesado e crescer por aqui, e ele é um CMS pago, a versão, existe uma versão
grátis, mas ela põe propaganda no seu blog,
eu não acho muito legal isso para nada, além de uns testes muito básicos, custa
a partir de R$19 o plano básico, você tem
um e-commerce vai por R$39 ou 29 reais,
então não é caríssimo, mas já é uma grana
para você desembolsar por mês, ele tem templates muito bonitos e fáceis
de customizar, o problema é que se você precisar de sair dos templates do Wix,
sair daquele basicão que ele te oferece, precisar
de desenvolver alguma integração mais sofisticada, com a sua lógica, com o site
da sua empresa, é o Wix tem uma extensibilidade
através de uma, de uma, de uma, um produto que chama Corvid, esse você nunca
deve ter ouvido falar, por que ele é proprietário do Wix, então
vai ser muito complicado arrumar mão de obra ou é
muito improvável que você saiba de Corvid pra poder fazer integrações mais
avançadas, então ele é bom para quem está começando, se você precisa de recurso
mais avançado, não é tão bom, o único, a única consideração é que se você
precisa de sair do que ele tem pronto, não é a melhor alternativa.
Segundo CMS que eu acho que você deveria conhecer é o SquareSpace
se você gosta de acompanhar canais de ciência no Youtube, canais de educação
o SquareSpace têm investido muito, muito, muito
pesado com essa galera , e não é à toa, o
SquareSpace se dá melhor com empresas pequenas, empreendedores individuais,
que são mais do tipo criativo, fotógrafos, artistas,
cineastas, ele se dá melhor nessa, nesse universo,
ele tem templates lindos, ele é fácil de usar,
ele tem até uma ferramenta integrada para fazer sua própria logo, se você
quiser pode até conhecer a ferramenta mesmo que não vá usar o blog deles, é
bacaninha você põe lá uma uma imagem, seu nome,
uma tag é bem bacana. O problema do SquareSpace é que ele é realmente caro,
ele não tem preço localizado no Brasil igual o Wix,
então o plano mais barato deles custa 16 dólares por mês, é mais caro do que o
plano mais caro é na mesma categoria do do Wix, você tem um e-commerce, uma
empresa com uma lojinha, vai começar nos 46 dólares por mês, então já é um
investimento substancial e fica difícil recomendar para quem está começando já
ter esse gasto mês a mês nos primeiros passos, é lindo, se você é
um tipo mais criativa, cinema, fotografia, você e vai ter templates muito
legais, mas ele é caro e não se adequa tão bem
a outros nichos. Terceiro CMS que eu acho
que você deveria pelo menos conhecer, é o
Blogger, e o motivo que eu acho que você deve
conhecer o Blogger, é porque ele ainda hospeda muitas e muitas páginas, ele foi
comprado pelo Google, ele foi muito popular
anos atrás, então muita gente ouviu falar e tal, é mas eu não tenho infelizmente
uma boa indicação para te fazer do Blogger, eu
queria mais te chamar a atenção, porque ele já
foi, a importância que ele teve, destacar que ele tem também é uma integração muito
fácil, como ele é do Google, com os anúncios, ou seja, para você
publicar anúncios ou receber publicações no seu blog, nativo é muito fácil, mas
a verdade é que o Blogger não é uma prioridade do Google,
então embora ele está lá e funciona, ele não
vai te deixar na mão, se você tem acesso aos serviços do
Google, se tem acesso ao Blogger, então preço é jóia, às vezes até 0, mas é
uma plataforma onde você fica um pouco inseguro, o Google tem
feito muito pouco com o Blogger, você de pendurar o seu sonho, seu livro você quer
publicar, o seu filme, o comércio da sua empresa lá, não é a melhor opção hoje,
o Blogger já foi incrível, ainda tem páginas
bonitas, ele está se focando cada vez mais para o uso pessoal, para fazer diário
de viagem, esse tipo de coisa, talvez seja,
seja a sua intenção, mas para deixar um legado, para construir uma base não é a
melhor opção mais. 4º e 5º, vou colocar junto, me desculpem os fãs
deles, CMS que você deve conhecer, eu queria mencionar junto o Joomla e o Drupal.
Eu não vou entrar muito neles aqui, não acho que é o nosso objetivo,
os dois têm muitas coisas em comum, edição de código aberto, têm comunidades
fantásticas, tem recursos muito avançados, são ótimas ferramentas, mas o que os dois
têm em comum também, tanto Joomla quanto o
Drupal, eles não são tão amigáveis para quem está começando, se você tá
comigo aqui até agora, você está começando, então é motivo suficiente, eu não te
indicar eles de cara, ainda assim, por que é que eu estou mencionando que os
dois existem? Às vezes, o site da sua empresa, vai começar o blog, mas o site da sua
empresa, a loja ou o sistema de suporte é baseado em Joomla ou Drupal,
então se você ouviu essas palavras aí durante o seu trabalho, ouviu o
pessoal mencionando, é vale a pena conversar com o seu time
de engenharia, conversar com o pessoal da Ti,
não sei como é que funciona na sua empresa, é porque se você já tem
alguma parte da sua empresa no Joomla ou no Drupal, você pode estender o blog na
mesma tecnologia, vai funcionar bem e nesse caso você tem o apoio de
profissionais para te ajudar, mas se você está começando do zero eu não vou entrar
muito em detalhes, das características deles porque não é a melhor opção para
você. Por último, mas não menos importante eu
queria falar um pouco do WordPress ou WordPress, uma maneira melhor de falar.
O wordpress ele tem 34% de todos os sites da internet
rodando, ele é um monstro, é de longe o CMS mais popular do mundo, no mercado
específico de CMS ele tem 60% do mercado e não é à toa, é um projeto que já tem
15 anos de idade, um projeto de código aberto,
então ao longo desses últimos 15 anos, eu olhei esta semana, tinham quase 40 mil
contribuições individuais no repositório de código do WordPress.
O desenvolvimento dele é muito ativo, tem uma comunidade muito forte em volta,
isso significa que tem muitas extensões, muitos plugins, a capacidade de
adaptar o WordPress para qualquer necessidade específica que você, sua
empresa tenha, é muito grande e com tanta gente usando é muito provável que esse
problema que você tem, já foi mais ou menos solucionado por ali,
então ele é de código aberto, é gratuito de usar então, ele é a minha recomendação
pra gente seguir nesse vídeo, de novo, pensa no seu público, pensa na sua
situação específica, não necessariamente é o melhor para você,
mas estatisticamente se você está aqui está começando é, então os próximos
passos vão mostrar como que usa o WordPress e como que faz a instalação
dele, mas de novo, se você está num ambiente em que outro outros CMS é
compatível, todas essas ferramentas que mencionei são boas
e vão ajudar a ter muito sucesso. Falando então do seu domínio, já te ajudei a
entrar e comprar o seu domínio e já falei um pouco do sistema que vai
gerenciar o seu conteúdo, do seu CMS. A peça que falta na nossa parte técnica,
que todo mundo morre de medo e você já viu que não tem nada demais, é a hospedagem.
Hospedagem, é basicamente o computador de alguém que você aluga para ficar lá
conectado na internet e disponibilizando seus arquivos, os servidores que a gente
aluga, o serviço todos de hospedagem, é basicamente um computador ligado à
internet que você está pagando pra ficar lá hospedando
o seu blog na memória dele e mostrando pra quem quiser ver. E você deve
estar pensando: eu tenho um computador, eu vou pagar outra pessoa pra alugar o
computador dela pra mim? Você pode deixar o seu computador ligado na internet, mas
sim, dá um trabalho configurar servidor, deixar disponível, garantir que tá tudo
certo, não vale a pena, vai por mim, vamos
contratar, a não ser que seja um estudante de
tecnologia, que quer fazer isso como um projeto pessoal, vamos contratar um
servidor, tem opções grátis também e vamos terceirizar esse serviço de alguém
que é especialista em vez de carregar isso com a gente. Então na hora de
escolher um servidor, tem três pontos que eu gostaria que você levasse sempre em
conta. O primeiro deles é sempre antes de contratar,
dá uma olhada no reclame aqui ou no site equivalente se você vai contratar um
serviço estrangeiro, de como que é a avaliação de servidor por pessoas que
usam o servidor. Então, tem algum serviço que estão lá e que é barato é de graça
e não sei lá das quantas e quando você entra está
cheio de reclamação. Um bom serviço de
hospedagem é barato, não justifica você economizar 1,2, 3 reais por mês, dez reais
por mês que seja e ficar com serviço ruim, que
você não consegue entrar e que seu blog sai. Dá
uma olhada na reputação da empresa antes, que vai te economizar muita dor de cabeça.
Então na hora de comparar os diferentes serviços, nossa segunda consideração é
a seguinte: o nome dos planos não é equivalente
entre si, assim como na hora de contratar um serviço celular por exemplo, você
vai em uma operadora ou na outra, os nomes, Há
1 é família, outro é enterprise o outro é
mais você, enfim, o nome diz muito pouco sobre o
serviço, não compare coisas com nome parecido, mas compare em função do que
ele te oferece, você está procurando especificamente as seguintes
características: A primeira delas é banda. Quanta
internet você pode transmitir no seu servidor. Seria igual ao nosso plano
de 3 gb, 4 gb, 8 gb, 10 gb é é a medida equivalente.
Você não precisa de banda ilimitada para começar, você vai começar, muito
provavelmente, com pouco tráfego, não precisa de pagar caríssimo para ter
uma banda absurda, contrata um plano moderado e tá tudo bem. E o segundo é
espaço: Quantos megabytes de memória tem disponível lá no hd dessa
máquina para você hospedar suas fotos, seus vídeos e tudo mais,
de novo, hoje em dia é muito improvável que você precise de muito espaço,
os vídeos que você tiver hospedando, provavelmente vão estar no
Youtube ou no Vimeo, você vai precisar de colocar imagem nos
textos e tals, não precisa de pagar uma nota por memória ilimitada,
então é dentro desses dois fatores, pode começar tranquilo e se você bater esses
limites, eu espero que você bata, você tenha um milhão de visitas, e precise crescer,
você pode simplesmente aumentar o seu plano e tá tudo certo, então pode começar
baixo, pode começar gastando o mínimo possível e a gente cresce na medida que
for necessário. O terceiro ponto na escolha da sua
hospedagem, talvez seja o mais importante aqui, contrata uma hospedagem compatível
com CMS que você escolheu. Se você contrata um servidor que não têm
um suporte direto do seu CMS, você precisa entrar no servidor, subir os arquivos,
instalar, não é legal, não é divertido, é
chato, dá trabalho, a gente comete erro, não
vale a pena, todos os bons servidores têm compatibilidade nativa com
bom CMS e no caso do Wix e do SquareSpace, o próprio serviço hospeda
pra você, eu devia ter mencionado antes, mas
se você estiver usando o WordPress, Joomla, Drupal ou algum outro da sua escolha, vai
num servidor que já dá o suporte, então se você tá usando um servidor que
suporta o WordPress que a gente vai mostrar daqui a pouco, é uma questão de
apertar um botão, a gente chama de one click instalation, e é verdade, você aperta o
botão e em um clique e a instância do WP está disponível para
você. Escolha um serviço que te dá essa
possibilidade, que vai te eliminar muita dor de cabeça e muito aborrecimento. Para fechar,
para não te deixar na mão pesquisando sozinho, eu não vou ficar mencionando o
nome de um monte de servidores aqui, porque eu acho que vou colocar vocês para dormir,
eu estou linkando aqui em baixo, um blog post,
comparando vários serviços, tem o Hostgator, o GoDaddy, mais um monte,
você pode clicar lá e ir lá ver se alguns desses te interessam, acho que não é
muito o nosso objetivo aqui ficar entrando em diferenças, entre as várias
hospedagens, pra gente deixar esse vídeo mais simples, também poder tornar mais fácil
de acompanhar, é o que a gente vai fazer nos próximos
minutos é usar um serviço de hospedagem que
chama Rock Stage Full Disclaimer, ele é nosso e ele tem uma opção gratuita para quem
está começando, se você escolher outro servidor de todos
que estão na lista, você ainda vai poder fazer seu blog,
ainda vai ser fácil, tem um negócio lá, clicou, instalou, está tudo bem, mas por
simplicidade eu vou mostrar no próximo passo usando
Rock Stage, tudo bem? Vamos lá? Fizemos o nosso planejamento, você já
tem uma idéia de nome, você sabe com quem você quer falar, na hora de comprar um
domínio, não necessariamente ele vai estar disponível, tem um milhão de pessoas,
1 milhão de empresas querendo os domínios na internet, então acompanha
comigo que a gente vai entrar aqui, procurar um domínio, encontrar um domínio
e eu vou te mostrar como é que a gente
faz para comprar um domínio no Brasil. Então, a primeira coisa, é entrar no
registro.br, lembra que eu te falei pra não comprar ou pelo menos evitar
neste primeiro momento de comprar domínios direto de outras
pessoas, vamos direto na entidade que fazem esse comércio no Brasil
que o registro.br. Então, eu particularmente gosto muito de
pizza, eu vou procurar aqui o blog da pizza.com.br e obviamente não está
disponível, o blog da pizza é um domínio bom demais e ele já me mostra que
algumas outras sugestões de domínio válidos para mim, então eu posso comprar
o blogdapizza.art.br, isso é uma obra de arte, blogdapizza.blog.br, blog
duas vezes talvez não seja tão bom. Esse processo de ver o que está
disponível e tentar de novo, até você acertar um domínio que funciona para
você, funciona para o seu blog e está disponível, pode te levar um tempinho, não
tem muito jeito, os domínios já estão ocupados, mas você vai encontrar alguma coisa que
funciona, uma vez que você encontra, é muito fácil prosseguir, então eu vou escolher
aqui o blogdapizza.art.br, quem sabe isso faça até sentido né, que
não, que minha pizza é uma obra de arte ou
qualquer piadinha do tipo, igual eu te falei: é melhor fazer do que ficar
pensando no trocadilho perfeito e aí ele vai te pedir ou CNPJ da sua empresa ou o
seu CPF, é necessário colocar o seu documento, coloca o seu documento certo,
isso é proteção pra você, se você precisar de provar que o documento é seu,
nada de fazer malandragem na hora de comprar e ele vai pedir aqui dados
pessoais, os meus aqui já estão preenchidos, mas vocês não estão vendo,
porque o meu time vai borrar os dados de meu endereço, mas são os meus dados corretos,
os dados do administrador da conta, o titular do domínio sou eu,
ele já te pergunta aqui se você sabe qual é o seu dns,
então se você já tiver comprado o seu serviço de hospedagem, no painel do seu
serviço você pode colocar aqui qual é o dns dele,
que são os números que ele vai usar para conectar o seu endereço, no seu
servidor, no caso não contratei ainda, vou deixar em branco é tem aqui os termos e
condições, tem o contrato, tem os termos de uso, é curtinho, é fácil de ler,
dá uma conferida, eu já li, vou aceitar o
contrato, política de privacidade e prontinho.
Eu fiz o pedido do registro para eu comprar o
blogdapizza.art.br, então vai chegar para o meu e-mail que eu
cadastrei lá um boleto, simplesmente você vai lá
paga o boleto no banco, no celular, no seu aplicativo da forma que achar melhor,
recebe uma confirmação é de pagamento, então daqui a um ano, dois anos
dependendo da categoria que escolheu você recebe de novo o boleto, é realmente
muito mais fácil do que você imaginava. Eu já tenho um domínio que está pago,
está no meu nome, então vocês aqui o meu painel para vocês verem como que fica depois,
então tá aqui painel tem o blog da pizza que
está registrando, vocês estão vendo que está em
aberto, se eu não fizer esse pagamento dentro do prazo
o domínio volta a estar disponível, então talvez o Pedro que tá me ajudando, quer o
blog da pizza, quando vencer esse boleto ele pode comprar no meu lugar, e aí
lascou, vou ter que comprar dele e ele pode me
vender muito mais caro do que ele pagou e eu
tenho o meu domínio pessoal, que já está pago, ele tem aqui uma data de quando ele
vai vencer, antes de vencer eles me lembram, me mandam
outro boleto e eu posso clicar para ver os detalhes daquela compra e o host, e o dns,
desculpa, que escolhi. Então gerenciar domínio, encontrar domínio é muito
simples, é realmente eu entendo que as pessoas tenham medo que fale no
domínio dns, mas é uma coisa trivial, encontra o seu
domínio, registra ele que a gente vai precisar dele lá na frente.
Eu queria fazer um adendo rápido, eu sei que não é a prioridade de todo mundo,
mas de novo em seguida eu quero que seja completo eu quero que te ajude,
então um adendo rapidinho pra quem não quer comprar um domínio.com.br,
eu quero comprar um domínio seja só .com ou
eu quero escrever em inglês ou eu tenho uma alternativa, as vezes o blogdapizza.com.br
não está disponível, mas um .com, .com está e eu quero comprá-lo,
então eu vou mostrar bem rapidinho, uma alternativa para você procurar domínios
estrangeiros e as regras valem, tenta comprar direto com a entidade de
confiança, não compra como parte de um pacote de serviço de alguém, é e de novo
se você vai comprar de outra pessoa não cabe aqui, mas muito cuidado olha com
o advogado, garante que a compra vai ser legítima.
Então eu estou dentro do Google Domains. Está em domain.google.com e
aí ele tem uma ferramenta, pra mim encontrar um domínio perfeito, então vou
procurar aqui blog da pizza, ele vai mostrar uma série de opções
disponíveis com a diferença que ele vai me mostrar opções que não são
brasileiras, então eu tenho por exemplo o blogdapizza.org
se eu quiser uma ong para distribuir pizza, que inclusive é uma causa
perfeitamente válida, apoiaria, eu posso comprar, eu posso comprar .net,
blogdaspizza.com, blogdepizzas.com, você vê que a ferramenta me gera uma
série de alternativas e com preços diferentes, inclusive excelente domínio:
blogda.pizza está disponível por 210 reais por ano, eu posso clicar aqui e
seguir com o processo de compra, então tá no meu carrinho o domínio,
a diferença é que aqui a compra vai ser feita em cartão de crédito, não vai ser
boleto, então ele vai te oferecer para renovação
automática, tem um domínio anterior aqui de churrascos, vocês veem que eu só
penso em comida mesmo, vou tirar o churrasco que
já estava no meu carrinho, tá me oferecendo proteção automática, me
oferecendo pra auto renovação e falando aqui que eu quiser renovar vou pagar
agora 210 reais, eu vou deixar essa oportunidade passar,
mas se for seu sonho em ter um blog de pizza esse domínio está disponível para
você, boa sorte. Temos o nosso domínio pronto e
disponível, já comprou, emitiu o boleto, pagou, tudo certo,
o próximo passo é a gente colocar uma instância nosso CMS, reforçando eu vou
fazer só com o WordPress é o que cabe nesse vídeo, mas fique à vontade pra
explorar com outros sistemas para rodar, então o nosso CMS vai cuidar
de tudo e a gente quer colocar ele dentro de um servidor,
então eu vou mostrar pra vocês bem rapidinho, tô na página do dreamhost, é
um dos milhões de servidores que têm o one click install do WordPress, dentro dele
você vê que tem aqui na tela, uma opção de one click,
você coloca qual é o domínio, escolhe lá a url que vai usar e clica em
install of terminal e acabou, está pronto, é isso, muito, muito fácil, é realmente
um clique e para qualquer servidor que
der o suporte né, no one click install, vai ser
de uma maneira parecida, tem uma segunda maneira de colocar seu blog WordPress
para rodar, que é usando os serviços do WordPress.com. O WP tem o .org,
onde tem o open source, que você pode baixar e
fazer sua própria instalação, ele tem esse serviço gerenciado que é o wordpress.com,
você pode começar gratuitamente, mas com uma série de limitações, inclusive do
domínio, no serviço gratuito você não pode
usar o domínio que a gente acabou de comprar, então, um desperdício, você tem
alguns planos para negócio, e-commerce, tudo mais,
no caso se você quiser usar o serviço do WordPress, você vai precisar de colocar o
seu cartão de crédito, para você poder usar
o seu domínio lá ou clicar no botão de
gratuito aqui e seguir como o Google, para usar a minha conta do Rock,
vocês vão ver que é trivial, ele quer um nome, uma senha,
vou continuar com a minha conta do Google e não deixe de colocar uma senha,
sem problemas, então adicionei uma senha, ele me mandou
esse e-mail aqui e vou precisar de clicar em confirmar agora para validar que sou
eu mesmo o dono dessa conta, pronto está disponível,
validou, use assim que você acabou de criar e
tô aqui, tô dentro já do meu painel do wordpress.com e eu posso começar
criando um site agora, então eu vou clicar no blog,
tem um tema, vou falar que é pizza como sempre, é percebido que eu gosto bastante
de pizza, pizza do Fabiano, não quero domínio agora, quero começar com grátis, está
pronto então o nosso post dentro do wordpress.com, ele é muito limitado
igual falei, tem as opções grátis lá, mas eu não vou seguir personalizando e
mexendo nesse neste blog, como prometi pra vocês, nesse nosso
primeiro tentativa de montar um blog publicar, a gente vai com uma alternativa
que começa a 100% gratuita, então vamos lá para a nossa terceira maneira
de ter o seu próprio site no WP, seu próprio blog WordPress, que é o
Rockstage é Full Disclaimer, é um serviço da Rock Content, mas ele tem a
opção gratuita que a gente quer pra começar,
então eu vou clicar aqui em eu não tenho o WordPress, quero criar um blog, beleza?
Não quero olhar pra nada, só quero começar, cá estou eu, vou colocar meu e-mail,
criar uma senha e nome completo é Fabiano Cancela e eu aceito os termos,
então entrei com o meu nome com minha senha extremamente simples, esse é o
painel principal do rocksteage, de novo não quero gastar detalhes com vocês de
como ele funciona, eu tenho aqui alguns templates de base, eu vou escolher esse
último, que está um pouco mais limpo, é eu quero um site vermelho, eu não tenho
uma logo ainda, vamos criar depois eu tenho o blog da pizza e minha tagline, o melhor
blog para quem gosta de pizza, já vou avisar aqui que eu vou publicar em
português, pelo menos no começo, não vou atrás de uma audiência internacional,
então cliquei aqui para criar o meu blog, então lembrando o Stage é um serviço de
hospedagem, ele está hospedando pra mim, eu estou usando o meu serviço de
hospedagem para criar uma instância em WordPress,
se você estivesse dentro do Hostgator, do Bluehost, enfim, é um processo
semelhante só que com a tela deles. Cliquei, está pronto, ele já me avisou aqui,
parabéns você criou o blog da pizza, você vai ver que ele está disponível num
domínio temporário proud-game-protest.blog.content.io, quase todo o serviço, especialmente o
wordpress.com, vai de colocar num domínio temporário,
ele já me dá aqui a opção de me ligar com um domínio que eu tiver comprado, não
vou fazer isso agora,eu tô mais preocupado em ir para o nosso blog da
pizza, então ele está no ar já e eu vou direto
para o painel de administração dele, então o
nosso blog da pizza tem o seu CMS instalado, já está no ar, está em um domínio
temporário, eu não cliquei naquele botão de
link para a nossa demonstração ficar mais curta, mas quando você já tiver o
domínio, é só você ligar lá, então essa é
a tela padrão do WordPress, é aqui que você faz quase tudo, então é
muito simples, você tem um painel com informações gerais, tem alguma atividade
feita, quantos posts você já tem, se você quiser salvar um rascunho, você
pode fazer aqui e tem novidades do WordPress, para você saber de novidades,
se não quiser saber, eu fecho aqui e não tem
problema nenhum, vou fechar também esse bem vindo e tem aqui então,
os nossos posts, ainda não tem nenhum, tem alguns posts de guia que time do
Rockstage deixou, outros servidores vão ter os guias deles, o WordPress tem os
deles, mas são parecidos, se eu tenho algum material, enfim, mídias,
fotos, páginas, comentários para eu moderar que também ainda não vai ter, aparência,
os plugins e afins, eu vou clicando nisso
tudo aqui, visitar site, para a gente vê como é que está a carinha do
blog da pizza, mesmo que ainda não tenha feito nada, então eu não coloquei nenhuma
logo, ele está com a logo do stage aqui, assim que eu trocar vai ficar com a
minha, início, primeiros passos, site ele tem aqui umas, um carrossel, as últimas
postagens, um endereço para você pegar o e-mail das
pessoas, uma caixa para você começar a construir sua comunidade, um botão de
fale conosco, muito bom, quando você tiver mexendo no seu site eu até de recomendo
de ir clicando em cada um dos posts que tenho alguns guias de como é que você faz,
então a gente tá com a nossa instância do cms do WordPress prontinha, eu queria
dar uma passada com vocês no que vocês precisam saber para lançar,
para poder gerenciar o seu blog, então vamos focar aqui na barra da
esquerda que a gente tem disponível. O painel é onde você vai entrar pra ver
notificações e dar aquela checada rápida todo dia, você pode personalizar
o painel e colocar avisos específicos, mas
aqui rascunho, novidade de evento,
uma passada rápida que você dá por lá. Os seus
posts são o coração do seu blog, cada post é uma peça de conteúdo que vai publicar,
então o blog hospedado no Rockstage, rockstage, desculpa, vem com alguns posts
é, pra que você veja, então alterando informações do tema, eu posso clicar aqui
e ver um post escrito no meu blog com dicas pra mim, antes de publicar
eu vou deletar isso tudo, mas eu recomendo que você dê uma olhadinha
esses guias para tirar qualquer dúvida, então cada um desses, é um post né, aqui
eu tenho informação dele, então está publicado, nove minutos atrás que foi
quando a gente criou a nossa instância, então no preparo para o lançamento,
eu vou pegar esses, esses blog-posts eu vou movê-los para minha lixeira, não
tem interesse, que dentro do meu blog, fique o guia do Rock stage lá. Tudo que a
gente fez até agora foi fácil. Planejamento às vezes é meio agarrado, mas
a gente não fez nada assim terrivelmente
complicado, a coisa mais difícil que existe é clicar
aqui em post – adicionar novo. Ele vai abrir uma tela que é absolutamente
trivial e você vai escrever o seu blog post aqui, muita gente chega aqui e não
dá o próximo passo, então: meu primeiro post, e aqui já posso começar a falar:
comecei a gostar de pizza muito novo e etc. Você escreve, escreve e põe texto e põe
imagem, está aqui um botão para colocar a
imagem, se você quiser mexer na forma do seu
texto, adicionar um título você pode aqui, um título maior, um título menor,
enfim, em poucos minutos brincando nessa interface, só clicando para ver onde estão
as coisas, aqui o tamanho da fonte, você vai ver que é muito fácil o processo de
usar a ferramenta é muito fácil, mas todo mundo, eu até hoje tenho aquele frio na
barriga antes de apertar o nosso botão de publicar, que é quando o seu primeiro
texto vai estar no ar. Você já veio até aqui, escreve seu primeiro texto e
publica seu primeiro post que eu tô te esperando lá no final para te contar o que
a gente vai fazer. A parte de materiais, são materiais de conversão eu
vou de novo apontar um link para você ler mais, não acho que cabe muito no
que a gente vai lançar o blog, não cabe muito no lançamento do blog e o Rock
Convert é um plugin também que já vai instalado, vai prontinho pra você usar
para você pegar e-mail, incentivar as pessoas a interagirem com você,
mais novidades sobre isso em breve, link em baixo, mas não cabe no nosso guia.
Nessa aba de mídia, você pode ver todas as
imagens, todos os áudios, tudo que estiver subido para dentro dos seus
posts, é uma área que a gente usa muito pouco,
mas é importante você saber que ela está aqui, então por exemplo, essa logo do
stage aqui, que está no head do site, vocês viram aqui, eu posso editá-la, posso trocar
por outra coisa, posso ver informações sobre
a mídia em si. Páginas, página e post não é a mesma coisa, então o post, ele é
uma peça de conteúdo sobre alguma coisa, ele vai sendo adicionado ali no feed do
seu blog, uma página é uma entidade estática, fica separada, então uma página
por exemplo, vou adicionar uma página nova aqui para vocês verem.
Eu posso usar por exemplo “sobre mim”, uma página que conta quem eu sou e ela
vai ficar parada, não vou ficar atualizando ela sempre. Então sobre o
Fabiano. O Fabiano está sobre falando blogs e
trabalhando na Rock Content, então de novo uma
péssima página, mas vai servir pra gente ilustra aqui, eu vou publicar logo de cara,
que eu tô muito corajoso, não vou nem visualizar. Então publiquei, se eu tiver assinando blog,
se eu tiver acompanhando alguma página nova, ela nem vai ser notificada lá, não é uma
nova postagem, então tá aqui sobre o fabiano
tá aqui a página e ela já não tem a parte de
comentários por exemplo, é uma entidade separada.
Eu posso inclusive, colocar essa página para aparecer na minha barra em cima,
então de novo: os posts são as suas história, cada um que vai
contar, a página, são blocos parados, pode ter seu endereço,
sua história, enfim, que você vai manter. Comentários, na medida que eu for
recebendo, eu tenho a possibilidade de aprovar um comentário, se a pessoa foi muito
rude, eu posso só não aprova e ele nem aparece lá, se é spam então é melhor
ainda, ele nem chega a ser publicado, eu posso
também entrar aqui e responder a um comentário, tirar uma dúvida. Aparência,
então é muito fácil trocar a aparência de um site em WordPress, o conteúdo é
dissociado do visual, então se estiver cansado desse sistema por
exemplo e quiser mudar ou para um dos outros temas do Stage que estão inclusos
no plano do WP estão aqui, e se eu quiser um tema fora ou em outro lugar, tive uma
ideia é muito fácil adicionar novo tema, o próprio WordPress tem uma galeria
com um milhão de opções, então assim, adorei
esse que tem prédio, achei fantástico vou clicar em instalar,
talvez esse prédio tenha uma pizzaria dentro, não
sei, e ativar, então eu acabei de mudar de tema, obviamente fiz uma péssima
escolha, sem nenhum cuidado que eu tô ocorrendo aqui, mas já mudou
completamente a cara do blog, o blog da pizza agora está aqui em cima,
agora tenho o blog aqui, que tem início, a
barra que era no meio foi para o lado, enfim, o
meu banner que era lateral veio para baixo,
as possibilidades são literalmente infinitas,
você sempre tem outra maneira de mexer, de personalizar, de trocar, de colocar uma
foto sua, de dar a sua cara, a cara da sua
empresa, para a mensagem que você quer passar pro mundo, então não gostei desse
tema, na verdade foi uma decisão precipitada,
quero usar este aqui, ok, melhor, combina mais com o blog da pizza
e dentro de cada tema né
então você pode entrar aqui e personalizar cada um: Que é a identidade,
a sua descrição, lembra que eu falei que é
fácil trocar se você pensar num trocadilho, na piadinha, está aqui,
adicionar um logo, que eu recomendo que você faça, trocar as cores primárias,
secundária, fundo, links, imagem , enfim, os
widgets, tem a minha barra lateral, tá aqui, rodapé tá aqui, se eu quiser mexer nas
informações do rodapé, é tudo bem fácil e
até bem divertido, te recomendo passar um tempinho brincando e mexendo. A próxima
parte que eu quero mencionar são os plugins, o plugin é uma peça de código que
roda lá no servidor e que te ajuda a extender as funcionalidades do seu blog,
então diferentes servidores vão trazer já nativamente alguns plugins deles, então
aqui eu tenho um de anti-spam, que é akismet, adoro, recomendo que você vem
aqui, clique em ativar, a configuração é super fácil, te evita muita dor de cabeça,
lazy load, que é pra carregar seu site mais rápido,
o plugin da Rock Content para conversão. Um PSVG que é pra imagens, acho
que isso aqui não é muito da minha conta agora, eu vou desativar e tem o Yoast que
é para otimização de SEO. Então, estão todos aqui,
se eu quiser remover é clicar aqui e desativar, atualizar, excluir, é bem, bem fácil, é
de novo, a comunidade de de pessoas que
desenvolve por WordPress é gigante, gigante,
então se eu quiser adicionar um novo plugin, vou clicar aqui agora, a
quantidade de coisas de altíssima qualidade que tem pronto e de graça ou
muito barato para você usar é monumental, então
tem algumas recomendações, plugins que são populares agora, então pra conseguir
contatos, um editor diferente, se você tem uma
maneira mais convencional de escrever os seus posts,
importar de outros lugares sitemaps, plugin para analytics para você poder medir
sua visita, tem coisa pra caramba aqui e elas são muito úteis.
Eu vou procurar um plugin que eu gosto muito, que é um plugin chamado table press,
que eu sou um cara de dados eu trabalho com muitas tabelas e o table press torna
as tabelas mais bonitas, elas renderizam melhor na página,
então eu vou clicar em instalar já vi que ele é
muito bem avaliado em mais de 800 mil pessoas usando, cinco estrelas
compatível com a minha versão do WordPress,
tem nem o que pensar. Instalar agora, instalando, pronto tá instalado,
clique em ativar, está prontinho aqui o table press.
Quando eu for fazer no próximo post, ele está disponível e, lembrando claro,
dependendo do plugin que você instalar, ele manter um comportamento diferente, vai
afetar uma parte diferente do seu site, vai na documentação do plugin e olha o
que você está fazendo com cuidado. Para fechar, usuários.
Então tem um usuário dê exemplo aqui, e meu usuário, eu sou o dono. Há, tem um
colega que vai me ajudar a escrever, um funcionário vai
participar comigo, você pode ter vários usuários, com diferentes níveis de
permissão inclusive, a pessoa pode escrever, mas não pode publicar, ela pode
publicar, mas não pode editar, enfim, você pode adicionar novos usuários, ela vai receber
um e-mail com o convite para ela acessar aqui e você diz o que ela pode fazer, se ela
pode contribuir, se ela só assina, se ela vê,
enfim, e editar claro, o seu próprio perfil. Na parte de ferramentas, eu não acho que
vale a pena a gente entrar muito agora, ferramenta para importar e exportar seus
dados, então se eventualmente você quiser
migrar para outro servidor, não gostou do rockstage, quer ir pra outro lugar
ou quer ir para outros CMS, converter para João,
Pedro, Paulo, você pode exportar seus dados, não é refém do WordPress, essa
liberdade é muito importante, algumas configurações do seu site, então
por exemplo, como que mostra data, português, inglês, quero data por extenso,
o meu fuso horário, para que os horários fiquem corretos,
enfim, dá uma olhada rápida lá e algumas opções de SEO. Fechando então essa
introdução muito breve a WordPress, a gente viu aonde estão os posts, a
diferença de um post e uma página, a gente viu onde você pode mexer no visual
do seu site, onde se coloca uma logo, onde você
troca as cores, viu a quantidade de opções que existem através de plugins e
as personalizações que você pode fazer para deixar tudo com a sua cara, com a
cara da sua empresa. Esse guia, eu acho que ele não cabe nele
aprofundar muito em cada uma dessas funções, acho que falei isso várias vezes
ao longo do vídeo inclusive, então eu quero encorajar sim, a passar um tempo
explorando o WordPress, explorando plugins disponíveis,
testando outros temas e deixando com a sua cara, do jeito que você quer.
Estamos finalmente chegando no final da nossa jornada,
então se você conseguiu acompanhar até aqui comigo, primeiro muito obrigado pela
companhia, é dois, você aprendeu muita coisa até aqui, então a nossa jornada de como
criar o seu blog e colocar no ar, ela está concluída, mas fica um pouco o
uso de inacabado as coisas, o seu blog tá no ar tá pronto sabe o que tem que
fazer, mas ainda não publicou o seu primeiro texto,
então eu pessoalmente Fabiano, eu quero fazer um desafio, eu quero te
convidar a lançar de fato o seu o seu blog, a tirar essa idéia do papel, a
voltar se for o caso volta dando pause, acompanha cada passo né, refaz o que
for necessário, coloca o seu site no ar, usa um domínio
temporário, não tem problema, mas eu quero te convidar a fazer esse processo todo,
chegar aqui, clicar lá em um novo post, escrever o seu primeiro post e publicar.
É muito, muito grande a diferença entre não tem nada e ter um post lá. Do
primeiro, para o segundo, do segundo para o terceiro,
é gradual, mas esse primeiro momento é muito mais difícil e muitas pessoas
desistem aqui, não quero que isso aconteça com você, então
o desafio é o seguinte, eu vou acompanhar,
o pessoal da Rock vai me ajudar a ver
todos os comentários que tiverem aqui no blog, no nesse neste vídeo, todos e todo
mundo que fizer o seu, o seu blog, escrever o seu primeiro post e comentar
aqui deixando o endereço da sua primeira postagem, eu vou lá pessoalmente para ler
e dar um oi e desejar boa sorte em sua jornada.
É uma jornada de muito tempo, uma jornada de uma vida toda de preferência, espero que
vocês dêem os primeiros passos agora, é uma coisa que vai ser fantástica para sua
vida, para sua empresa e para sua marca. Eu quero desejar coragem, força e boa
vontade para acreditar no seu sonho e continuar fazendo sempre. A gente
acreditou aqui na Rock, tem sido fantástico e vai ser um prazer muito
grande ter mais e mais gente participando disso com a gente, eu estou
guardando o seu blog-post ficar pronto e eu estou louco para saber sobre o que é
que você vai escrever, te vejo lá.